Select Page

Autor: Roseane Pinheiro

Compreender a dor do outro e dialogar são formas de impedir o suicídio

“A dor é tão intensa para o sujeito, que ele não consegue vivenciar, não consegue se ver na cena e ele tem que sair daquela situação”, analisa o psicanalista Jailton Tenório sobre o estado emocional dos suicidas Jailton Tenório Onofre (à direita) O psicanalista Jailton Tenório Onofre alerta que estamos numa sociedade na qual os indivíduos não aceitam perder, não aceitam os “nãos” da vida e as decepções. “O que é isso? Se aprendo a perder, eu vou ser resiliente, eu vou me refazer”, diz. Essa dificuldade de ser reorganizar, diante de situações difíceis, fragiliza homens e mulheres, levando-os...

Read More