Select Page

Imperatriz tem mais de 15 mil famílias beneficiadas com conversor digital de TV gratuito

Imperatriz tem mais de 15 mil famílias beneficiadas com conversor digital de TV gratuito

Texto de Lais Sousa

 

Kits contendo antena, conversor digitale controle serão entregues para beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, para que consigam ver televisão com o sinal digital. De acordo com o Coordenador do Cadastro Único e Bolsa Família, Jundison De Sousa Silva, em Imperatriz são mais de 15 mil famílias cadastradas no Bolsa Família e esses já possuem seus conversores garantidos, deste que, fiquem atentos e se agendem no site da empresa Seja Digital, quando a campanha chega em Imperatriz. “Além de fazerem o cadastro único também é importante que se agende no Seja Digital a retirada do kit”, alertou.

Em Imperatriz a população já tem acesso parcial ao sinal digital, para isso basta possuir um conversor digital ou uma TV fabricada a partir de 2010 que normalmente já detém conversor interno. Sem esses ajustes a população ficaráimpossibilitada de assistir TV a partir do dia 5 de dezembro, pois nesse dia será desligado o sinal analógico em Imperatriz. Além disso, o preço de um conversor digital gira em torno de 112 reais, porém é necessário também que se tenha uma antena do tipo VHF+UHF, de preferência externa, que custa em média 119 reais em Imperatriz.

Conversor será distribuído às famílias cadastradas

O Estado do Maranhão já teve o sinal analógico substituído completamente pelo digital na capital São Luiz e em nove cidades do Estado, nessas cidades já foram distribuídos o benefício deste o mês demarço. Todavia, em Imperatriz não existe dada especifica de quando ocorrerá a entrega dos Kits, segundo o atendente da empresa Seja Digital, Rafael De Jesus. “Não existe data especifica para distribuição dos kits, à medida que for se aproximando do prazo de desligamento, será realizado campanhas e divulgações via internet”, afirmou. Também, segundo Jesus toda a população que tiver direito ao conversor e estiver devidamente cadastrada no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) receberá o benefício antes da data de desligamento do sinal analógico.

 

A importância do Cadastro Único

A responsabilidade de distribuição do conversor digital e antena, até o momento é da empresa Seja Digital. Porém, o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) tem um papel importante nessa campanha, que é cadastrar as pessoas no cadastro único.De acordo comSilva, o Cras tem um papel social nessa ação do Governo Federal. “O Cras tem como papel deixar a situação financeira dessas pessoas atualizada e esclarecer a comunidade qualquer dúvida”, ressaltou o coordenador.

Além disso, Silva ressalta a importância do Cadastro Único, como algo de suma relevância, para diversos programas do Governo Federal. “ É importante que a população saiba que o Cadastro único além de beneficiar com esse projeto do conversor digital, também é porta de entrada para outros projetos como Bolsa Família, ID Jovem, CNH Social entre outros”, explicou.

O que diz a população

O Ministério das Comunicações anunciou desde 2016 o fim do sinal analógico em todo o país, ressaltando também que seria algo feito de forma gradativa a não prejudicar os menos favorecidos economicamente, mesmo com essa informação muitas pessoas ficaram preocupadas com o fim do sinal analógico, como é o caso da aposentada, Lídia Maria da Rocha. “ Quando falaram que iriam desligar o sinal eu pensei que seria obrigada a comprar outra televisão”, relatou.

Além disso, Lídiaacredita que seja importante que se divulgue mais sobre esse benefício para que outras pessoas não saiam por aí, comprando Tvs, ou conversores sem que possuam condições financeiras para isso. “A notícia que o conversor vai ser distribuído para quem tem maior necessidade financeiras me deixou despreocupada”, disse.

Saiba mais…

O sinal analógico está sendo desativado em todo o Brasil e está previsto para ser desativado em Imperatriz em 5 de dezembro. As famílias que se enquadrarem como baixa renda tem direito ao conversor digital gratuito. Essa é uma tentativa do Governo Federal de deixar toda a população apta a receber o novo sinal, que visa, trazer melhores condições de áudio e imagem. Vale ressaltar, que para agendamento da retirada do kit e informações complementares é só acessar o site o site sejadigital.com.br ou ligar para o telefone 147.

About The Author