Select Page

Paradas de ônibus de Imperatriz recebem novos abrigos este mês

Paradas de ônibus de Imperatriz recebem novos abrigos este mês

Pauteira: Agda Emanuelle Anastácio de Oliveira

Reportagem e fotografias: Marita Ventura

A partir deste mês os usuários do transporte público de Imperatriz já contam  com melhores estruturas nas paradas de ônibus da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito serão colocados abrigos em pontos onde não há e reformados aqueles já existentes.

São 212 paradas de ônibus em Imperatriz, por onde passam as 20 linhas de transporte coletivo que circulam no município. Destas, mais da metade não possui abrigo e os passageiros aguardam o ônibus embaixo do sol ou até mesmo na chuva. É o caso da auxiliar de enfermagem, Alzenira Ramos, moradora da Vila Lobão há 25 anos. Ela conta que não sabe se é pior esperar o transporte no período chuvoso ou durante o verão. “Se faz sol a gente só faz torrar com essa quentura de Imperatriz, se chove tem que procurar uma proteção por perto. Eu já perdi várias vezes o ônibus por causa disso”, ela afirma.

Das 212 paradas de ônibus em Imperatriz, metade não tem cobertura

Mas a boa notícia não tarda e de acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito de Imperatriz foi realizada uma inspeção em todas as paradas de ônibus notificando as que não têm abrigo e ainda aquelas que os têm, mas que estão precisando de manutenção. Os bairros da periferia são os mais prejudicados com a ausência de abrigos, as paradas são improvisadas e muitas vezes, sem sinalização. Já as do centro da cidade apresentam precárias condições de uso.

O secretário municipal de trânsito, Leandro Braga, aponta algumas dificuldades na instalação dos abrigos. “Há algumas paradas de ônibus que o tamanho do abrigo não dá no local da parada e existem outros locais que são na frente de uma loja. Apesar de ser área do município a gente não pode prejudicar o empreendimento das pessoas”, conclui. Segundo ele, nesses casos, existe a possibilidade de mudança do local da parada para um lugar próximo em que se possa instalar o novo abrigo.

Braga afirma que existem 31 estruturas novas de paradas de ônibus prontas para colocação imediata, fato que já começou a ocorrer em alguns locais, como na av. Bernardo Sayão, na Praça Brasil, na entrada da Vilinha, na frente do Atacadão e na antiga rodoviária. Elas possuem bancos, cobertura, mas sem acesso a iluminação própria. Tem paradas de ônibus antigas que dá pra gente tirar, a gente coloca a nova, reforma as usadas e recoloca em outros pontos, inclusive nas paradas que não existiam”, explica o secretário.

Placas de sinalização também serão recolocadas e a notícia agrada a população, principalmente os estudantes da cidade que são os mais prejudicados com a situação. Priscila Borges é universitária e estuda enfermagem na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ela precisa pegar dois transportes para chegar no campus Bom Jesus, saindo da Vila Cafeteira, onde mora. “Vai ajudar muito. No meu bairro, onde pego o ônibus, a parada é improvisada. Às vezes o ônibus nem para. A sorte é que é perto de casa, mas é horrível esperar o ônibus que já demora muito sem um local pra se sentar. Sem contar que volto pra casa já de noite e algumas paradas são muito perigosas”, relata.

A falta de segurança é outro problema enfrentado pelos usuários de transporte coletivo. Depois das 20horas, a população enfrenta o medo e a insegurança sob o risco de ser assaltada nos pontos de ônibus.

Novas estruturas já começaram a ser instaladas na cidade

O comandante do 3° Batalhão da Policia Militar de Imperatriz, tenente-coronel Ilmar Gomes,  afirma que as rondas são frequentes e diárias principalmente nos bairros onde o índice de criminalidade é maior.

Além da segurança e qualidade na infraestrutura dos abrigos de ônibus, que terão manutenção periódica, o secretário de trânsito reiterou que busca durante a sua gestão firmar parcerias com empresas privadas de publicidade para que a oferta desse serviço seja mais eficaz, trazendo mais conforto para o passageiro morador de Imperatriz. “E isso é só o começo”, promete.

 

About The Author