Select Page

Coworking: espaço compartilhado é alternativa para empreendedores iniciantes em Imperatriz

Coworking: espaço compartilhado é alternativa para empreendedores iniciantes em Imperatriz

 Pauta de Kaline Sousa, reportagem de Brunna Tavares e Gabriela Almeida

O Coworkingé um serviço de compartilhamento, um local com diversos espaços onde é possível mais de uma pessoa utilizar a mesma sala enquanto realiza seus serviços normais e cotidianos usufruindo de tudo que o espaço pode oferecer: trabalho compartilhado, internet, decoração, etc. A ideia nasceu em 2005 fora do país e hoje estima-se que mais de 4 mil espaços como estes estejam em funcionamento no Brasil de acordo com a Coworking Brasil, responsável pelo serviço no território nacional.

Espaço de trabalho compartilhado, pago por hora, atrai novos empreendedores em Imperatriz

Como opção rápida e econômica, o coworking chegou a Imperatriz há três anos e vem tornando-se alternativa para empreendedores que estão iniciando suas carreiras. O uso de um espaço compartilhado promete economia e dinamicidadepara quem está começando. O estilo de trabalho é muito utilizado nas grandes capitais e está em Imperatriz com duas opções (Oxigênio Coworking e WeworkItz), mais opções até do que a capital São Luís, que conta com apenas uma (Criativa Coworking).

Não só o espaço criativo e o pacote a custo benefício viável, mas a credibilidade do espaço, que o homeoffice não ofereceria, e o constante contato com outros profissionais, que acaba funcionando como network, também são fatores atrativos desse serviço. “Quando se tem um homeoffice, como eu tinha antes de conhecer esse serviço, o seu trabalho além de informal, se torna inacessível, invisível, junto com o escritório coworking vem a visibilidade, a credibilidade e acabamos recebemos mais clientes” diz o desenvolvedor de softwares e membro da Oxigênio Coworking, Thiago Silva.

Quem usa?

Imperatriz conta com dois espaços de coworking, cada um com clientes diversificados. A WeworkItz é direcionada somente para advogados, com espaços compartilhados e salas privativas. Já a Oxigênio Coworking não tem um público específico, qualquer um que ache a ideia de espaço compartilhado interessante para seu empreendimento pode usufruir do serviço.

O interesse maior, é claro, vem dos empreendedores que trabalham com tecnologia. Desenvolvedores de softwares, web designers, etc.Já que o espaço compartilhado não só é conveniente para o bolso como também ajuda na visibilidade desse grupo de empreendedores. O sócio da OxigênioCoworking,que atualmente é muito procurada por empreendedores da área de tecnologia como  Diego Maciel. “O espaço é, na verdade, feito pelo grupo. O nosso, por exemplo, tem uma pegada muito forte de tecnologia, 80% dos nossos clientes, hoje, são da galera de tecnologia, desenvolvedores de sistemas”, diz.

O desenvolvedor de web Rodrigo Rocha que utilizou o serviço da OxigênioCoworking por oito meses elogiou o ambiente que é criado com o coworking, mas diz que o espaço limita sua equipe. “O que menos gosto no serviço é o pouco espaço para alocar equipe, que foi o que me levou a sair de lá agora”, explica. O desenvolvedor agora tem um espaço próprio que comporta melhor sua equipe, que durante esse período se tornou maior do que antes.

Quais são os Pacotes? 

Espaço Oxigênio oferece quatro salas na cidade

Os dois espaços da cidade trabalham com pacotes parecidos, com diferenças apenas em o serviço poder ser contratado de maneira fixa ou não. A Oxigênio conta com quatro salas, com duas salas compartilhada, uma menor com capacidade de até sete pessoas e uma maior que comporta até 15 pessoas, e sala privativa que são contratadas mensalmente e sala de reuniões que recebe até 22 pessoas, e é contratada por hora. O preço dos alugueis mensais variam de R$ 100,00 até R$ 900,00 e as salas de reuniões tem a hora a partir de R$ 20,00. Já a WeworkItz trabalha apenas com o aluguel por hora, o ambiente de trabalho compartilhado por R$ 10,00 a hora, e o escritório individual por R$ 15,00 a hora.

Quais são as desvantagens?

Com este serviço há a possibilidade de se compartilhar não só o espaço, mas também o trabalho, já que se em algum momento houver a necessidade de um complemento naquilo que você está realizando pode encontrar alguém do lado com a capacidade de atender suas necessidades. O custo que é o que mais conta para quem está apenas iniciando e não tem como investir em um espaço próprio, e a credibilidade que o local passa para seus clientes, no entanto é a única vantagem do serviço, um local para quem esta apenas iniciando.

Empresa tem pacotes por hora usada

Se você pensa em crescer em serviço, o coworking é apenas um ponto de partida, quanto maior torna-se o número de pessoas na equipe menor torna-se o espaço, fica cada vez mais complicado comportar e expandir, logo cada vez mais difícil utilizar o serviço.

É observável que os pacotes não abrangem muitas possibilidades para quem não quer um aluguel mensal, mas também quer usar o espaço por muitas horas, por exemplo,o cálculo no fim do mês acaba saindo um pouco salgado.

A falta de conhecimento sobre o coworking é um dos empecilhos de uma procura maior desse serviço. O termo ainda é novo e pode ser desconhecido para grande parte do seu público.  Além das vantagens econômicas, o coworking significa trabalhar em conjunto, estar em contato com pessoas diferentes, de ramos diferentes, todos os dias. A maioria dos espaços fornece atividades para estimular essa interação entre os profissionais que utilizam o serviço.

 

About The Author