Select Page

Compra de passagem do transporte público com cartão de débito está com um mês de atraso

Compra de passagem do transporte público com cartão de débito está com um mês de atraso

Texto e fotos de  Cassia Castro

O pagamento da passagem de ônibus com cartão de débito está com um mês de atraso. Com o prazo encerrado no final do mês de março, o serviço ainda não se encontra em funcionamento em Imperatriz.O estipulado era que 60 dias após o lançamento do aplicativo seriam disponibilizadas as opções de cartão de débito e boleto bancário.

A empresa Rio Anil Transportes, Ratrans, em janeiro de 2018, disponibilizou o aplicativo RecargaJá para recarga dos cartões de vale-transporte, comum e estudantil.Porém, a opção de pagamento dentro do aplicativo só é realizada por cartão de crédito das bandeiras Visa e Mastercard.

Venda de passagens no cartão de débito não está disponível

Segundo o diretor executivo do aplicativo,Leandro Zacchi, a opção de cartão de débito não está disponível porque exige muitos testes e certificações para conseguir prestar um serviço seguro e de qualidade. “Temos a previsão de liberar o pagamento com cartão de débito nos próximos 60 dias, porém, ainda na primeira semana do mês de maio será liberada uma versão com boleto bancário”, afirma.

De acordo com registros da Ratrans, em média 35 mil pessoas utilizam os cartões dos tipos vale-transporte, comum, gratuidade e estudantil na cidade de Imperatriz. Entretanto,a recarga só pode ser feita no terminal da integração com uso do dinheiro ou pelo aplicativo RecargaJá com cartão de crédito. Essas opções restritas de pagamento dificultam a vida de trabalhadores e estudantes quenem sempre têm cartões nesta modalidade.

A estudante, Denise Nunes acredita que o aplicativo facilita a vida dos usuários, porque evita se deslocar até o terminal da integração para fazer a recarga do cartão de ônibus. Contudo, as opções restritas de pagamento é um problema. “Mais opções de pagamento, com cartão de débito e crédito, beneficia tanto quem tem o dinheiro disponível na conta para comprar a passagem com o cartão de débito e quanto quem só possa pagar na próxima fatura do cartão de crédito”, diz Denise.

Aflexibilização das formas de pagamento da passagem do transporte coletivo vai permitir maior comodidade aos usuários, pois terá mais uma forma adicional de pagamento. Sendo assim, poderão escolher a maneira mais acessível, conforme as suas condições, para fazer a recarga.Esse serviço é oferecido pela parceria entre a empresa Ratrans e a equipe dosistema operacional que atualmente járegistra por volta de 2 mil downloads realizados em Imperatriz.

Como usar o aplicativo?

A recarga do cartão de transporte público pelo aplicativo é realizada por meio do appRecargaJá disponível apenas para celulares de modelo Android.Segundo a equipe, a versão para o sistema IOS está prevista apenas para o segundo semestre de 2018.

Logo após baixar o aplicativo na loja Play Store é necessário fazer o cadastro com o seu e-mail,número detelefone e do cartão de transporte. Ao finalizar o cadastro, você ganhará um bônus de R$5,00 no seu cartão.

Para realizar uma recarga, você seleciona qualquer valor de no máximoR$100,00e faz o pagamento inserindo os dados do seu cartão de crédito (única opção disponibilizada no momento).

 

About The Author