Select Page

Polícia aborta mais uma fuga da Delegacia Regional de Imperatriz

Polícia aborta mais uma fuga da Delegacia Regional de Imperatriz

Atualmente estão encarcerados em delegacias maranhenses 1600 presos (Foto: Divulgação)Por pouco, mais uma fuga de presos em massa não foi registrada na Delegacia Regional de Imperatriz. A tentativa de fuga, abortada pelos policiais civis e agentes penitenciários de plantão, aconteceu na madrugada de sábado (16).

Cerca de dez detentos da cela 1 já tinham serrado as grades do portão da cela e do banho de sol e já se encontravam no corredor externo das celas. Pelo menos quatro já tinham subido nas grades do banho de sol, de onde passariam para o muro e de lá para a rua.

Entretanto, os policiais civis e agentes penitenciários de plantão perceberam a movimentação e evitaram a fuga em massa. Os policiais civis fizeram vários disparos para o alto e obrigaram os detentos a retornarem para a cela.
Se consumada, seria a segunda fuga de presos na Delegacia Regional de Imperatriz este ano. Há cerca de sessenta dias, treze detentos fugiram da Regional e até agora somente cinco foram recapturados. Outras tantas foram abortadas pelos policiais civis e agentes penitenciários.

Atualmente, a Delegacia Regional de Imperatriz tem uma população carcerária de 92 detentos, bem acima do permitido, que é de 49 presos.
Segundo o delegado regional de Imperatriz, Assis Ramos, com a inauguração da Unidade Prisional de Ressocialização de Davinópolis (UPRD), ocorrida na última sexta-feira (15), cresceu a ansiedade dos presos da Delegacia Regional, pois vários não querem ser transferidos.

O Delegado Assis recomendou aos policiais civis e agentes penitenciários a maior atenção possível, porque com a aproximação do dia em que a maior parte dos presos da Regional serão transferidos, está crescendo mais ainda o desejo de fuga.

Quanto ao remanejamento dos presos da Delegacia Regional para o presidio de Davinópolis, ainda não foi definida a data. Segundo Assis Ramos, há normas determinadas pela Justiça quanto à transferência desses presos para Davinópolis. Entre as determinações, estão o recrutamento de mais agentes penitenciários e monitores para o presídio de Davinópolis.

Fonte
O Progresso 

About The Author