Select Page

Sine municipal cadastra diariamente 35 pessoas no seguro-desemprego

Sine municipal cadastra diariamente 35 pessoas no seguro-desemprego

Texto e fotos de Even Grazielly

 

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), em Imperatriz, só no primeiro bimestre deste ano foram realizadas 2.603 demissões, quase 2% a mais do que no ano passado. Como resultado dos desligamentos, cerca de 35 pessoas por dia fazem o cadastrodo seguro-desemprego na unidade municipal do Sistema Nacional de Empregos (Sine).

Sendo a única da região, a agência atende também os municípios mais próximos e a região do Bico do Papagaio. A coordenadora do Sine, Valda Flor, destaca que o número não é apenas da cidade, mas inclui municípios adjacentes, mas mesmo assim é grande. “São umas 735 pessoas por mês. Também quero lembrar que essas pessoas não são apenas de Imperatriz.Nós atendemos Imperatriz e região. Desde Estreito, Barra do Corda, Grajaú, Campestre, Itaguatins, Augustinópolis a São Miguel do Tocantins.  Praticamente toda essa região do Bico do Papagaio e os munícipios próprios. Apesar de não ter agências nos outros lugares, mesmo com a equipe pequena damos conta da demanda”, explica.

Apesar do trabalhador poder dar entrada no seguro-desemprego pela internet (https://autenticacao.dataprev.gov.br/autenticacao/pages/segurado/dadosCadastraisKBA.xhtml) ele ainda precisa se dirigir a unidade de atendimento para confirmar o processamento do pedido.

O profissional que estiver interessado em receber o benefício basta comparecer ao local, que fica na rua Maranhão – 538, Centro, no horário das 7 horas às 13horas, portando RG, da Carteira de Trabalho, CPF, comprovantes de FGTS, termo de rescisão de Contrato de Trabalho e requerimento do Seguro Desemprego.

Uma media de 735 pessoas por mês pedem seguro-desemprego

A coordenadora lembra que só têm direito ao seguro, quem já trabalhou no mínimopor um ano em alguma empresa privada, ou seja, esse benefício não vale para nenhum servidor ou agente público. E consecutivamente, para dar entrada nos próximos seguros, é válido para quem permaneceu por 9 meses e depois 6 meses em mais alguma empresa. A partir do momento em que o trabalhador dá a entrada no seguro-desemprego, em até 30 dias ele receberá a primeira parcela que pode variar entre R$ 954 a R$ 1677, independente do salário que ele recebia anteriormente.

Sendo que um dos setores que mais recebem carta de demissão é da área de construção. Valda comenta que: “Como muitas empresas trabalham com obras, quando elas finalizam o serviço, os profissionais perdem os seus empregos pois foram contratados apenas para aquele tempo específico e muitas vezes acabam não existindo mais construções para aquela região”.

Empregos – Além disso, o Sine também age como intermediário na contratação de trabalhadores para as empresas. No entanto, de janeiro até a metade do mês de abril em 2018 não foram oferecidas nem 30 vagas para o município. “Do final do ano passado até agora as oportunidades estão pouquíssimas. Bem menos do que no período de 2007. As vagas estão bem escassas. A crise está bem grande! Em Imperatriz não ia ser diferente do que em qualquer outra área do país. O empregador está receoso em investir no país e de não ter retorno”, complementa Valda.

Atualmente, estão sendo ofertadas: 04 vagas para motorista (categoria D), 04 vagas auxiliar de motorista, 04 vagas para auxiliar de depósito, 01 vaga para chefe de depósito e 04 vagas para vendedor externo. O trabalhador pode tanto realizar o cadastro no local como pela internet, no portal oficial do Ministério do Trabalho: http://empregabrasil.mte.gov.br.

About The Author